Guia de pneus de inverno - Conduzir no inverno

Conduzir no inverno

Seus pneus no inverno João

Neve fresca, neve derretida, gelo : mesmo se os pneus de inverno oferecem garantias de aderência e de motricidade, deve adaptar a sua condução ao estado do piso. Seguem alguns conselhos básicos para limitar os riscos de derrapagem incontrolada.

Estrada numa paisagem de inverno Conduzir no inverno exige reflexos diferentes - Copyright © : All Rights Reserved

Seja consciente dos seus limites

 Um bom condutor não é aquele que sabe recuperar o controlo do seu veículo, mas aquele que consegue não perder o contacto com o piso. No inverno, a primeira regra é reduzir a velocidade


Antecipe a travagem

Quando o piso é deslizante, uma travagem brutal provoca inevitavelmente uma perda de controlo do veículo. Para prevenir essa situação, mantenha uma distância de segurança suficiente e evite as mudanças de direcção bruscas.


Devagar no acelerador !

Outra regra : acelere progressivamente para prevenir a patinagem das rodas motrizes. Se sentir uma perda de aderência, mude para uma velocidade superior. A força aplicada às rodas diminuirá imediatamente e voltará a ter aderência. Proceda da mesma maneira nas encostas acentuadas.


Suavidade nas curvas

Mais uma vez, a antecipação é primordial. Abrande a velocidade antes da curva, quando a estrada é ainda direita. Faça a curva numa velocidade reduzida virando o volante com suavidade. Na saída da curva, acelere progressivamente sem sobressaltos.


O que fazer em caso de perda de aderência ?

Se, apesar dessas precauções, o seu carro derrapar, tem ainda uma oportunidade para retomar o controlo. Com uma condição : nunca perder a estrada de vista. Com efeito, se fixar um obstáculo, terá grandes hipóteses de acertar nele…



> Veículo com tracção
 (rodas dianteiras motrizes)

  • Se uma travagem brusca está na origem da perda de controlo, solte o pedal dos travões.
  • Se as rodas dianteiras perderam o contacto com o piso, solte suavemente o acelerador e carregue no pedal da embraiagem para dar mais peso ao trem dianteiro.
  • Quando recuperar o controlo, adopte uma condução mais adaptada !

> Veículo com propulsão (rodas traseiras motrizes)

  • Se uma travagem brusca está na origem da derrapagem, solte completamente o pedal dos travões.
  • Se as rodas traseiras perderam a aderência, jogue com o acelerador e a embraiagem para recuperar a aderência.
  • Para recuperar o controlo do veículo, vire devagarinho o volante na direcção para a qual quer ir.
  • Quando recuperar o controlo, conduza numa velocidade mais razoável !

 

Com ou sem anti-patinagem ?

Cada vez mais veículos são equipados de um sistema anti-patinagem activo (ASR). No arranque, este diminui o binário aplicado na roda que começa a patinar para o aplicar na outra. Permite assim melhorar o arranque na neve ou no gelo. Contudo, pode acontecer que a roda que era motriz perca por sua vez a sua aderência. O ASR reduz então a potência do motor até que as rodas recuperem a aderência. Numa superfície particularmente deslizante, o limite de patinagem pode ser muito baixo e o binário motor pode não ser suficiente para ligar o carro. Para resolver isto, é necessário desactivar o ASR.