Concepção e fabricação do pneu - Como será o pneu do futuro ?

Como será o pneu do futuro ?

Pneu e tecnologia João

Amanhã, o pneu deixará de existir, porque o ar terá sido substituído por tecnologias e materiais inovadores. A roda integrará não só as funções de rolamento e de travagem, mas também as funções de motricidade e de suspensão. Visita nos laboratórios da Michelin.

Michelin Active Wheel Michelin Active Wheel, a tecnologia de um motor, num pneu ! - Copyright © : All rights reserved

A investigação é um departamento essencial para todos os grandes fabricantes. Os respectivos centros R&D absorvem uma parte significativa dos investimentos (até 4% do volume de negócios).

As áreas de investigação são inúmeras. Seguem algumas desenvolvidas pela Michelin, número 1 mundial do pneu juntamente com a Bridgestone. Estas podem chegar ao mercado numa década.

 

Michelin Airless

Trata-se de um pneu sem ar, por isso sem risco de se furar e que não necessita de manutenção. Integra uma estrutura radial com materiais compostos, concebida para durar o mesmo número de anos que o veículo que equipa. Uma banda de rolamento de borracha é colada na estrutura. Uma vez usada, basta recauchutá-la.

 

Michelin Tweel

O conceito Michelin Tweel (contracção de Tire – pneu – e de Wheel – roda) explora a integração do pneu e da roda. Sem ar e recauchutável como o Airless, o pneu é composto de uma banda de rolamento de borracha, ligada ao cubo da roda através de raios flexíveis. Os raios flexíveis estão ligados a uma roda, e estes deformam-se para absorver os choques e endireitam-se com a mesma facilidade. A amortização tradicional assegurada pelo ar é doravante assegurada por raios de alta flexibilidade.

 

Michelin Active Wheel

É a descoberta tecnológica mais espectacular. Esta roda integra as principais funções de um veículo : tracção, suspensão, travagem e rolamento. Com efeito é equipada de um potente motor eléctrico e de um sistema de suspensão activo e de travagem. Esta roda destina-se a ser integrada em veículos eléctricos que funcionam com uma bateria ou uma célula de combustível. Com este tipo de roda, o veículo deixará de ter uma caixa de velocidades, embraiagem, cardã, barra estabilizadora, eixo de transmissão.

Fontes : sítio Michelin