Guia de manutenção dos pneus - Quando se deve mudar os pneus ?

Quando se deve mudar os pneus ?

Manutenção dos pneus

Antes de uma longa viagem ou quando verifica a pressão, controle o estado geral dos pneus e o respectivo nível de desgaste. Se os pneus apresentarem um dos sintomas descritos aqui, não hesite : substitua-os imediatamente.

Quando mudar de pneus? Copyright © : All Rights Reserved

Um pneu usado já não cumpre a sua função, nomeadamente em caso de chuva para evacuar a água. Resultado : a distância de travagem em piso molhado aumenta e a aderência à estrada está incerta. Por consequência os riscos de despiste e de aquaplanagem aumentam.

Um controlo regular dos pneus permitirá saber quando mudá-los. Seguem situações que deve ter em consideração.

Testemunho de desgaste dum pneuCopyright © : rezulteo

  • O pneu alcança o limite legal de desgaste (profundidade das nervuras inferior a 1,6 mm). O indicador de desgaste aparece na banda de rolamento. Em regra geral, um pneu de boa qualidade é substituído todos os 40 000 ou 50 000 km, um pneu de menor qualidade todos os 10 000 km. Mas a longevidade de um pneu é muito variável. Depende de vários factores, os mais importantes são o estilo de condução e o percurso. É preciso também saber que, para uma tracção, a velocidade de desgaste dos pneus dianteiros é duas vezes mais elevada que a dos pneus traseiros.

Um pneu deve ser substituído quando o indicador de desgaste aparece na banda de rolamento.

Exemplo dum pneu estragadoCopyright © : rezulteo

    • A diferença entre a profundidade das ranhuras principais de dois pneus montados no mesmo eixo ultrapassa 5 mm. Esta diferença de desgaste entre os pneus pode perturbar o comportamento do veículo.
    • O pneu apresenta um desgaste anormal. Um desgaste anormal pode apresentar-se sob várias formas : desgaste em forma de ondas, desgaste assimétrico, desgaste no centro ou desgaste nos ombros da banda de rolamento. Neste caso, deve resolver o problema mecânico que causou este desgaste anormal.
    • O pneu está danificado. Apresenta um corte, um buraco ou uma deformação susceptíveis de causar um esvaziamento lento ou um rebentamento.
    • O pneu não está conforme às preconizações do construtor : dimensões incorrectas, não cumprimento dos índices de velocidade e de carga, etc.

    Ler também

    >> Montagem dos pneus : o que deve saber

    >> O alinhamento das rodas e o ajuste da geometria

    >> Controle também a roda sobresselente

    >> Pressão dos pneus : verificar uma vez por mês

    >> Como medir o desgaste de um pneu ?

    >> Saiba identificar os desgastes anormais

    >> Permute os seus pneus para um desgaste menor