Guia para comprar bem seus pneus - Os vários tipos de pneus

Os vários tipos de pneus

Comprar bem seus pneus João

Na família dos pneus para automóveis, existem várias categorias. A principal diz respeito à adaptação do pneu às condições climáticas : verão ou inverno. Uma segunda categoria tem em conta as condições de utilização : estrada, competição ou todo-o-terreno. Finalmente, alguns pneus apresentam particularidades importantes que é preciso conhecer : run flat, design assimétrico…

Os tipos de pneus Existem várias categorias de pneus, é melhor conhecê-las antes de fazer uma escolha - Copyright © : iStockphoto.com/rezulteo.com

Escolha o tipo de pneu adequado para si :

1- A escolha do pneu de acordo com as condições climáticas

> O pneu verão

> O pneu inverno

> O pneu nórdico

  >> O pneu com pregos, adaptado para a colocação de pregos

> O pneu todas as estações

2- A escolha do pneu de acordo com as condições de utilização

> O pneu turismo e as respectivas condições de circulação

   >> O pneu simétrico, assimétrico e direccional

   >> O pneu ecológico

> O pneu altas performances e respectivas condições de circulação

> O pneu 4x4 e respectivas condições de circulação

> O pneu utilitário/camioneta/autocaravana e respectivas condições de circulação 


3- Opções para o pneu

> O pneu reforçado

> O pneu runflat

 

1- A escolha do pneu de acordo com as condições climáticas


> O pneu verão


É o pneu de referência. Foi concebido para expressar as suas performances a uma temperatura ambiente superior a 7°C.  Abaixo desta temperatura, a borracha endurece e perde as suas qualidades de flexibilidade e aderência.

Mas, o pneu verão apresenta  boas performances tanto em piso seco que molhado :

Para o piso seco

Em piso seco, a sua condução será precisa e o esculpido rígido. É por isso que os pneus de competição são lisos (pneus « slicks »). Esta rigidez depende de vários factores :

  • O perfil do pneu. Um perfil plano com um ombro quadrado confere um bom contacto ao pneu, nomeadamente nos apoios em curva.
  • O rácio de ranhuras. Menos a superfície é escavada, mais a superfície de borracha em contacto com o solo é importante, melhor é a aderência.
  • Blocos de borracha maciços. Mais os blocos de borracha são largos, menos o esculpido é móvel na sua espessura.
  • Lamelas autobloqueadoras. As lamelas, úteis para evacuar a água, reduzem a rigidez do esculpido (efeito pêlo de escova). Para evitar este problema, alguns fabricantes propõem uma lamelização complexa.

Para piso molhado

Ao invés, um pneu muito esculpido será mais eficaz em piso molhado. De facto, as esculturas secam o piso e permitem à banda de rodagem manter uma boa aderência com o solo. O comportamento de um pneu em piso molhado depende das características do esculpido :

  • O rácio de ranhuras. Quanto mais, melhor será a capacidade do pneu em absorver a água (um pneu de dimensão média evacua cerca de 15 litros de água por segundo).
  • A forma e a orientação das esculturas. Simétricas, direccionais ou assimétricas, estas devem rejeitar a água pelos lados o mais rapidamente possível.
  • A lamelização. As arestas e as lamelas da escultura contribuem para secar o piso tendo de alguma forma o papel de limpa-vidros.

 

O pneu inverno

A ideia de que os pneus de inverno são necessários apenas com a neve é ainda muito generalizada, daí a denominação abusiva de «pneus neve». Na realidade, o pneu inverno é um  pneu optimizado para temperaturas inferiores a 7°C.

De facto, Ao contrário do pneu verão, a borracha do pneu inverno permanece flexível com temperaturas baixas e o seu esculpido com mais ranhuras melhora a motricidade e a travagem quando as temperaturas descem. 

  • Composição. O pneu inverno contém sílica e borracha que preservam a elasticidade da borracha com temperaturas baixas e asseguram uma boa aderência.
  • Ranhuras. O pneu inverno possui ranhuras profundas que permitem a evacuação rápida da água ou da neve.
  • Lamelização. O rácio de lamelização de um pneu inverno pode ser cinco vezes maior de que um pneu verão. De facto, as lamelas têm o papel de cravos e aumentam a força de tracção. As distâncias de travagem ficam reduzidas, assim como os riscos de derrapagem e aquaplanagem.

     
         
> O pneu nórdico
 

pneu nórdico foi concebido para enfrentar temperaturas inferiores a –10°C e estradas com neve e gelo durante vários meses do ano.

 

           >> Pneu com pregos, adaptado para a colocação de pregos 

O
 pneu com pregos é um pneu inverno ou nórdico equipado com pontas metálicas para assegurar uma aderência optimizada em pisos com neve e gelo. Este pneu não é autorizado em todas as regiões da Europa. O pneu adaptado para a colocação de pregos é um pneu no qual é possível inserir ou remover os pregos de acordo com as condições da estrada.

 >> O guia dos pneus no inverno

 

O pneu todas as estações

Ainda denominado pneu misto ou pneu quatro estações, o pneu todas as estações apresenta-se como um compromisso entre um pneu inverno e um pneu verão. Sem alcançar o nível de desempenho dos pneus especializados, foi concebido para ter um comportamento médio em todas as condições climáticas, de preferência nas regiões onde o inverno é pouco rigoroso.

Existem pneus de verão, pneus de inverno e pneus todas as estações para todos os segmentos de veículo (turismo, 4x4, desporto e utilitário) e de acordo com a sua utilização (cidade, estrada, fora da estrada...).

escolha de pneus não se limita às estações, também é definida em função do veículo, do uso imposto aos pneus e das suas especificidades melhorando ou as performances, ou as condições de condução.

Voltar ao índice

 

2- A escolha do pneu de acordo com as condições de utilização


> O pneu turismo
 

O que é um pneu assimétrico ?

Lançado no final dos anos 60 com o XAS da Michelin, o pneu com esculturas assimétricas parte do princípio que o pneu não trabalha da mesma maneira na face interna e externa. Ao diferenciar o tratamento das áreas do pneu, obtém-se uma melhoria significativa das performances em termos de controlo e de aderência. A maioria das grandes marcas integrou este avanço nas suas gamas.

 

  • Pneu ecológico é uma denominação para um pneu com baixa resistência ao rolamento, consome menos energia, ou seja menos combustível 

 

As condições de circulação do pneu turismo :
  

=> Auto desporto : esta categoria diz respeito aos veículos desportivos, do ligeiro GTI ao supercar de luxo.

Os pneus Auto Desporto devem ser adaptados às forças importantes exercidas por um motor potente e uma condução desportiva, ou seja apresentar :

  • uma aderência excepcional em alta velocidade em linha recta e em curva ;
  • um comportamento irrepreensível em piso molhado, nomeadamente na travagem ;
  • uma precisão de condução, assegurada nomeadamente pela rigidez da banda de rodagem em alta velocidade.

=> Auto estrada : esta categoria diz respeito aos veículos ligeiros, do sedan compacto ao monovolume passando pelos veículos para auto-estrada e familiares.

Os pneus Auto Estrada devem ser adaptados às condições de circulação da estrada e auto-estrada, ou seja apresentar :

  • um bom controlo em alta velocidade em linha recta e em curva ;
  • um comportamento irrepreensível em piso molhado, nomeadamente na travagem ;
  • um conforto de utilização graças a uma absorção das vibrações e um baixo ruído de rolamento ;
  • uma baixa resistência ao rolamento para contribuir na limitação do consumo de combustível e reduzir as emissões de gases com efeito de estufa.

=> Auto cidade : esta categoria diz respeito aos veículos citadinos e compactos.

Os pneus Auto Cidade devem ser adaptados às condições de circulação urbana, ou seja apresentar :

  • uma boa resistência ao desgaste para manter o seu desempenho depois de milhares de travagens e arranques e aos choques para enfrentar os bordos dos passeios ;
  • uma baixa resistência ao rolamento para contribuir na limitação do consumo de combustível e reduzir as emissões de gases com efeito de estufa.

 

> O pneu altas performances
 

Os pneus altas performances são destinados aos veículos potentes, sedans de gama alta ou coupés desportivos. Como o nome indica, estes pneus oferecem performances excepcionais em termos de controlo, aderência e estabilidade em curva. E isto verifica-se em piso seco e molhado.

Um pneu alta performance apresenta também um índice de velocidade V, W, Y ou Z que corresponde a velocidades máximas compreendidas entre 240 e mais de 300 km/h.

Alguns fabricantes desenvolvem pneus sob medida para modelos topos de gama desenvolvidos pelos construtores. É por exemplo o caso da  Michelin, que equipa o Porsche Carrera GT  e o Mercedes-Benz SLR McLaren.

 

> O pneu 4x4
 

Existem três tipos de pneus nesta categoria. Os pneus polivalentes, destinados à cidade, à estrada e aos pequenos caminhos, os pneus verdadeiramente todo o terreno, que permitem aventurar-se em terrenos íngremes e superar obstáculos, e os pneus SUV concebidos principalmente para circular na cidade.

=> Misto : esta categoria diz respeito aos veículos 4x4 à vontade nas estradas e nas pistas.

Os pneus 4x4 Misto devem ser polivalentes, ou seja apresentar :

  • um comportamento satisfatório na estrada, e em particular boas performances em piso molhado ;
  • uma motricidade suficiente em terrenos soltos ou no cascalho ;
  • uma estrutura reforçada para suportar o peso importante deste tipo de veículo ;

 

=> Todo-o-terreno : esta categoria diz respeito aos veículos 4x4 capazes de superar os obstáculos mais impressionantes.

Os pneus 4x4 Todo-o-terreno devem transmitir a tracção do motor qualquer que seja o terreno e resistir às fortes agressões, ou seja apresentar :

  • uma motricidade infalível na lama, no cascalho ou nas encostas mais acentuadas ;
  • uma estrutura reforçada para suportar o peso importante deste tipo de veículo e as múltiplas oportunidades de furo ;

=> SUV : esta categoria diz respeito aos SUV e outros veículos com tracção integral destinados principalmente à estrada.

Os pneus 4x4 SUV devem estar adaptados aos motores potentes e ao peso elevado deste tipo de veículo, ou seja apresentar :

  • um bom controlo em alta velocidade em linha recta e em curva ;
  • um comportamento irrepreensível em piso molhado, nomeadamente na travagem ;
  • uma estrutura reforçada para suportar o peso importante deste tipo de veículo.

 

 

Alguns pneus 4x4 têm uma marcação específica M+S (Mud and Snow) que significa a utilização dos pneus na neve e nas estradas com lama.

>> Como decifrar a marcação de um pneu ?

 

 

 

> O pneu utilitário/camioneta/autocaravana
 

Esta categoria diz respeito aos veículos utilitários  incluindo as pequenas camionetas, passando pelas autocaravanas.

Os pneus Utilitário/Camioneta devem responder a critérios de segurança, conforto e longevidade, ou seja apresentar :

  • um comportamento satisfatório na estrada, e em particular boas performances em piso molhado ;
  • uma robustez notória, para lidar com os choques e cargas importantes ;
  • um conforto de condução em termos de ruído e de vibrações ;

Alguns pneus para utilitários/camionetas são reconhecíveis graças à letra C presente na parede.

 

 

>> Para encontrar o pneu que corresponde ao seu veículoconsulte o nosso directório online

 

 

 

As marcações ou opções de pneus propostos pelos fabricantes podem estar disponíveis nos tipos de pneus sazonais e nos tipos de pneus que correspondem ao veículo e à utilização.

Voltar ao índice



3- Opções para o pneu

 

> Pneu reforçado
 

O pneu dispõe de um reforço e de um índice de carga mais elevado para suportar mais peso e assim adaptar-se aos veículos familiares, aos grandes sedans, aos SUV ou aos pequenos utilitários. Este tipo de pneu pode ser identificado graças à sua marcação na parede, que varia de acordo com os fabricantes : XL, Reforçado, RF, Extra Load ou Reinforced.

 

> Pneu runflat
 

 runflat é um pneu autoportante que permite rolar sem pressão . As suas paredes foram reforçadas para suportar o pneu em caso de perda de pressão. A maioria das grandes marcas propõem esta opção nas suas gamas : pode ser identificada graças a uma marcação na parede do pneu que varia de acordo com os fabricantes : EMT (Dunlop/Goodyear), SSR (Continental), Run on Flat (Pirelli), RFT (Bridgestone), ZP (Zero Pressure para a Michelin)...

Em caso de furo, este pneu limita os risos de perda de controlo do veículo, nomeadamente em caso de saída da jante. Este sistema permite percorrer até 80 km a uma velocidade máxima de 80km/h.

Voltar ao índice

O conselho de rezulteo

É recomendado colocar sempre o mesmo tipo de pneu num veículo.


Ler também

>> Que pneus para o meu ambiente de condução ?
>> Que pneus para o meu veículo ?