Eventos organizados pelos fabricantes - Goodyear BH03 : o pneu que produz eletricidade

Goodyear BH03 : o pneu que produz eletricidade

Fabricantes Publicado no 16/03/15 por Alexandre Lenoir

Os desafios colocados pelo carro elétrico despertam a imaginação de todo o planeta automóvel. Na Goodyear, o conceito do pneu BH03 explora a transformação das deformações causadas pelas condições de condução em energia elétrica.

Goodyear concept BH03 A Goodyear inova na tecnologia pneumática graças ao concept BH03 que pode transformar energia solar em eletricidade - Copyright © : rezulteo

Como aumentar a autonomia dos veículos elétricos sem os sobrecarregar com baterias ? A esta questão recorrente, o fabricante Goodyear reflete também sobre as suas próprias respostas. E se uma parte da energia necessária para alimentar os instrumentos ou manter a carga seria proveniente dos pneus ?

Goodyear e o seu novo concept BH03Copyright © : rezulteo
No Salão automóvel de Genebra 2015, a Goodyear apresentou um conceito original de pneu capaz de gerar eletricidade. Durante as fases de rolagem, o pneu BH03 transforma em energia elétrica as deformações oriundas da rolagem graças ao uso de um material piezoelétrico. Na paragem, é o calor da energia solar captada pela textura ultra-preta do revestimento tornado termoelétrico que pode por sua vez ser transformado em eletricidade  

Este pneu concebido pelos laboratórios luxemburgueses da Goodyear apresenta também outras soluções mais esperadas pelo fabricante. Assim, a estrutura interna do pneu é constituída por uma rede de três dimensões capaz de suportar o peso do veículo em caso de furo. A banda de rodagem é também dotada de uma ranhura destinada a prevenir a aquaplanagem e de uma tecnologia capaz de absorver grande parte dos ruídos de rolamento. Apesar do concept BH03 não ser destinado à comercialização, explica Jean-Pierre Jeusette, diretor geral do centro de inovação da Goodyear no Luxemburgo, « estamos convencidos de que este pneu será uma fonte de inspiração e que as descobertas científicas associadas terão o seu lugar em futuros desenvolvimentos ».