Eventos organizados pelos fabricantes - Bridgestone revoluciona o pneu Runflat

Bridgestone revoluciona o pneu Runflat

Fabricantes Publicado no 05/12/14 por João

Os comentários sobre o pneu Runflat são partilhados. Proporcionando um verdadeiro mais em caso de furo, esta tecnologia tem também algumas limitações de utilização que podem fazer hesitar o consumidor. Bridgestone anuncia a futura comercialização de um pneu "run-flat" com características praticamente idênticas às de um pneu convencional.

Bridgestone pneu runflat Bridgestone relança o pneu Runflat sem as limitações deste tipo de pneu - Copyright © : Bridgestone

De acordo com os estudos realizados pelos fabricantes, um automobilista europeu tem um risco todos os 75 000 quilómetros de ter um furo num pneu. Nos países em que as estradas estão em más condições, o perigo de furo é muito mais importante. No entanto, além deste dado em quilómetros, a vantagem em segurança proporcionada pelo "RF" é real, nomeadamente em caso de furo numa autoestrada.

Quanto às desvantagens, o Runflat é mais pesado, menos confortável, menos dinâmico e muitas vezes mais caro do que o seu homólogo convencional.

A Bridgestone trabalha actualmente num protótipo de pneu Runflat cujas características técnicas são sedutoras e que estará disponível no mercado a curto prazo.

Esta nova geração de pneu destina-se a todos os veículos comercializados a partir de novembro de 2014 equipados com um sistema de controlo da pressão dos pneus (TPMS)equipados ou não com pneus Runflat de origem. Uma diferença notável que pressupõe que a estrutura do pneu não será tão rígida como a da geração actual de pneus.

O desenvolvimento está focado na borracha para que possa resistir melhor à pressão baixa e, por consequência, não necessitar de paredes tão reforçadas como nas gerações actuais do Runflat.. O objectivo visa aproximar-se das características de um pneu convencional.

Esta tecnologia será comercializada a partir de 2017 (período de substituição estimado para os veículos vendidos em 2015).